A primavera da Igreja

Ler mais: A primavera da Igreja

La Repubblica

4 dezembro 2013
de ENZO BIANCHI
O entusiasmo pelo Papa Francisco é grande e não deve ser esmorecido, mas devemos estar vigilantes e, sobretudo, estar conscientes de que, se o Papa não for ajudado pelos bispos, pelos presbíteros e pelo povo de Deus, não conseguirá fazer nenhuma reforma (artigo integral em italiano)

Continue a leitura

Cristãos "peritos em humanidade"

Ler mais: Cristãos

La Repubblica
12 setembro 2013
de ENZO BIANCHI
Um dado raro e precioso na resposta do Papa Francisco às questões levantadas por Scalfari (fundador do jornal "La Repubblica"): o Papa não se limitou a afirmar que o diálogo "é expressão íntima e indispensável" para o crente, como deu o exemplo

Continue a leitura

Como o Papa João XXIII

Ler mais: Como o Papa João XXIII

La Stampa, 7 setembro 2013
de ENZO BIANCHI
Oração e jejum, para o que nos convida, hoje, o Papa Francisco, podem ser instrumentos universais para discernir o que é bom para toda a humanidade e não apenas para a "nossa" parte, para que se tomem decisões com outros critérios, com outras auto-referências, com outros benefícios.        

Continue a leitura

Papa Francisco. É possível uma outra Igreja

Ler mais: Papa Francisco. É possível uma outra Igreja

La Stampa, 9 junho 2013
de ENZO BIANCHI
O Papa Francisco está “in medio ecclesiae”, não acima, sem isenções nem imunidades. Autoriza-nos, por isso, a sonhar, ou melhor, a invocar que a Igreja, que nós cristãos, sejamos mais conformes ao Evangelho, à vida humana vivida por Jesus, à vida de que Ele deixou marcas para ir ao encontro de Deus. (artigo integral em italiano)

Continue a leitura

O Desejo de um Papado sem Privilégios

Ler mais: O Desejo de um Papado sem Privilégios

la Repubblica, 8 junho 2013
de ENZO BIANCHI
As palavras usadas pelo Papa Francisco – “Deus não abençoa quem quer tornar-se Papa!” – podem soar duras. E são, de facto, duras e exigentes, como é o Evangelho. O Papa não perde uma ocasião para reafirmar, de forma clara, a sua preocupação de que na Igreja prevaleça uma visão mundana do poder, um carreirismo e uma busca de privilégios que não se adequam aos discípulos de um Senhor condenado pelo poder civil e religioso do seu tempo.

Continue a leitura

Bento XVI abriu, assim, o seu coração...

Ler mais: Bento XVI abriu, assim, o seu coração...

La Stampa
28 fevereiro de 2013
de ENZO BIANCHI
Bento XVI deixa-nos um testamento cheio de fé e de esperança, sem uma liturgia triunfal, uma autocelebração, uma grande cenografia ou a espetacularidade de um grande evento. Um testamento que nos recorda que apenas «a palavra de verdade do Evangelho é a força da Igreja, é a sua vida» (artigo integral em italiano)

Continue a leitura

A espiritualidade de quem não crê

Ler mais: A espiritualidade de quem não crê

La Repubblica
13 dezembro 2012
de ENZO BIANCHI
Não esqueçamos que a humanidade é apenas uma, que dela fazem parte religiões e irreligiões e que, contudo, nela é possível, para os crentes e não crentes, um caminho espiritual, entendido como uma vida interior profunda, como fidelidade-empenho nos acontecimentos humanos, como procura de serviço aos outros, atenta à dimensão estética e à criação de beleza nas relações humanas.

Continue a leitura

As Escrituras e a Palavra

Ler mais: As Escrituras e a Palavra

La Stampa, 1 setembro 2012
de ENZO BIANCHI
Ter conhecido e amado o Cardeal Martini, ter tido o grande dom da sua amizade foi, para mim, ocasião de uma grande e profunda alegria; fez-me compreender porque é que os Padres da Igreja costumavam dizer tantas vezes que os autênticos discípulos do Senhor são sequentiae sancti Evangelii, trechos do Evangelho, narração do amor de Deus por toda a humanidade. (artigo integral em italiano)

Continue a leitura